top-shadow

O Mercado de Controle de Mosquitos


O mercado comercial global de controle de mosquito está estimado em mais de US$ 8 bilhões (USD) e está concentrado principalmente nos EUA, Brasil e Europa. O controle do mosquito é direcionado para os estágios de desenvolvimento do mosquito: fase de larva – com o uso de larvicidas; e fase de adulto – com o uso de adulticidas. 

O Mercado de Controle de Mosquitos

O método da Forrest


A Forrest Innovations está desenvolvendo dois tipos de soluções para combater a ameaça global das doenças transmitidas por mosquitos vetores, e assim reduzir drasticamente o impacto dessas doenças:

1. Produção em massa de mosquitos machos estéreis (não OGM) para serem utilizados na Técnica do Inseto Estéril (SIT) - CONTROLE NATURAL DE VETORES
2. Reestabelecimento da susceptibilidade a inseticidas em populações de mosquitos resistentes a piretróides - o tipo de inseticida mais utiizado para o controle do mosquito adulto. Nossos resultados foram publicados em uma revista científica altamente qualificada (peer reviewed). O artigo completo pode ser encontrado aqui.

Vídeo: NoMoreMos

 

A Ameaça das Doenças Transmitidas por Mosquitos


Os mosquitos são os animais mais mortíferos do planeta! As doenças transmitidas por mosquitos, como ZIKA, dengue, febre amarela, malária e chikungunya atingem cerca de metade da população mundial, o que traz graves consequências para a saúde da população, devido à alta mortalidade e ao enorme ônus econômico.

Os esforços contínuos realizados pelos governos, Organização Mundial de Saúde (OMS) e outras organizações, como a Fundação Bill e Melinda Gates, fornecem apenas um alívio local e temporário para as populações que vivem nas áreas endêmicas, mas são incapazes de impedir a ocorrência de novos surtos ou até mesmo o surgimento de novas doenças transmitidas por esses vetores. 

 

 

A Ameaça das Doenças Transmitidas por Mosquitos

Controle Natural de Vetores


O “Controle Natural de Vetores” (CNV) é uma solução inovadora desenvolvida pela Forrest Innovations para controlar mosquitos vetores de patógenos causadores de doenças de grande impacto para a saúde pública, tais como dengue, febre amarela urbana, chikungunya e Zika. O método é a “Técnica do Inseto Estéril”, cujo princípio é realizar solturas massivas de versões 100% estéreis de mosquitos machos, que irão promover, gradativamente, a redução da população de mosquitos locais. A Forrest utiliza uma plataforma biotecnológica baseada em três pilares:

(1) o mosquito Aedes aegypti macho estéril não é, e nem envolve o uso de organismos geneticamente modificados, sendo que o processo de esterilização é seguro, eficaz, não deixa resíduos dos componentes no mosquito adulto estéril nem afeta seu fitness;

(2) os mosquitos machos estéreis são produzidos a partir de mosquitoes Aedes aegypti coletados na própria região a ser tratada, ou seja, não é introduzida nenhuma cepa nova de mosquitos na área tratada;

(3) o uso de laboratórios móveis, que garantem flexibilidade, rapidez, eficiência e logística necessárias para a produção em massa de mosquitos a serem liberados. Além disso, a solução conta com programas educacionais, extensão comunitária e apoio no monitoramento e alívio de criadouros de mosquitos.  

 

Controle Natural de Vetores
Back to Top